Quem pode fazer o concurso PRF (e quem não pode)?

Tendo um dos concursos mais esperados deste ano, a Polícia Rodoviária Federal está autorizada a oferecer 500 vagas. A previsão é que o edital seja divulgado em setembro de 2018 de acordo com o superintendente Alexandre Rodrigues. Mas, você sabe quais são os requisitos para se inscrever?

Curso online concurso PRF 2018

Quais são etapas, regras e impedimentos do concurso PRF?

Essas e outras perguntas serão respondidas a seguir.


 
Em primeiro lugar, se você pensa em ser um policial rodoviário federal deve atender às seguintes exigências: 

-  Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa. No caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, na forma do disposto no art. 13 do Decreto no 70.436, de 18 de abril de 1972;
- Gozar dos direitos políticos;
- Estar quite com as obrigações eleitorais;
- Estar quite com as obrigações do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;
- Não estar incompatibilizado para nova investidura em cargo público;
- Ter, na data da matrícula no Curso de Formação Profissional, idade mínima de 18 anos e máxima de 65 anos;
- Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
- Apresentar o diploma de curso superior completo, em nível de graduação, devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação, fornecido por instituição de ensino superior em situação regular junto àquele ministério;
- Estar habilitado para dirigir veículo automotor, categoria “B” ou superior;
- Ter sido aprovado em todas as fases e etapas do Concurso Público e classificado dentro do número de vagas;
- Outros requisitos estabelecidos no edital do concurso, conforme as exigências das atribuições do cargo.

Há altura mínima ou máxima para concorrer ao concurso da PRF? 

Não há restrições de altura para se candidatar ao concurso PRF. A Polícia Rodoviária Federal também oferece vagas para pessoas com deficiência desde a última seleção para policial, realizada em 2013. 

O curso de tecnólogo é aceito assim como os de nível superior? 

De acordo com o site da PRF, o curso de tecnólogo é aceito para ingresso no cargo de policial rodoviário federal, desde que obedeça às diretrizes dispostas na Resolução CNE/CP 3 de 18 de dezembro de 2002, em seu Art. 4º.

Quais os vencimentos e jornada de trabalho dos PRFs? 

A remuneração em início de carreira chega a R$9.931,57 para jornada de trabalho de 40 horas por semana.

Aprovações necessárias no Concurso PRF

Se você se encaixa nos pré-requisitos, estará apto a participar do concurso PRF. Na seleção, você precisará ser aprovado nas duas etapas: provas e curso de formação profissional. Confira a divisão abaixo.

1ª etapa do concurso PRF:

- Provas objetivas e discursivas, de caráter eliminatório e classificatório;
- Avaliação de títulos, apresentados por cada candidato do concurso, os quais serão pontuados e terão seus valores somados à pontuação das provas objetiva e discursiva, de caráter unicamente classificatório;
- Exame de capacidade física, visando avaliar a capacidade do candidato para suportar, física e organicamente, as atividades práticas inerentes ao Curso de Formação Profissional e ao desempenho das atribuições do cargo, de caráter unicamente eliminatório;
- Avaliação psicológica, de caráter unicamente eliminatório, com base no estudo científico das atribuições do cargo - perfil profissiográfico;
- Avaliação médica, de caráter unicamente eliminatório. Consiste na avaliação clínica do candidato e de um conjunto de exames médicos apresentados, visando-se aferir se o candidato goza de boa saúde física e psíquica.

2ª etapa do concurso PRF:

- Curso de Formação Profissional com duração de três meses. De caráter classificatório e eliminatório, a pontuação obtida pelo candidato no curso será somada à nota final da primeira etapa.
- Investigação social, de caráter unicamente eliminatório. Essa fase visa apurar o comportamento irrepreensível e a idoneidade moral inatacável dos concorrentes, por meio de investigações no âmbito social, funcional, cível e criminal, iniciada por ocasião da inscrição do candidato no concurso público, estendendo-se pela primeira e segunda etapa, encerrando-se apenas com a nomeação do candidato.
Prova objetiva teve 120 questões no último concurso PRF
A primeira fase do concurso PRF será a prova objetiva. Na última seleção para policial rodoviário federal, realizada em 2013, foram cobradas 120 questões. Desse quantitativo, 50 eram de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos.

Os conhecimentos básicos e específicos foram distribuídos pelas seguintes disciplinas: 
Conhecimentos básicos
1.    Língua Portuguesa;
2.    Matemática;
3.    Noções do Direito Constitucional;
4.    Ética no serviço público;
5.    Noções de Informática. 

Conhecimentos específicos
1.    Direito Administrativo;
2.    Direito Penal;
3.    Direito Processual Penal;
4.    Legislação Especial;
5.    Direitos Humanos e Cidadania;
6.    Legislação relativa ao DPRF;
7.    Física aplicada à perícia de acidentes rodoviários.

As provas objetivas tiveram o total de 120 pontos. Para se classificar foi preciso ter nota superior a 10 pontos em conhecimentos básicos, 21 em conhecimentos específicos e 36 no conjunto dos exames objetivos.

A banca foi o Cebrape (antigo Cespe/UnB), que tem um modelo diferente de outras organizadoras. Caso isso se repita neste ano, as provas não contarão com as cinco alternativas para cada pergunta. Os candidatos deverão julgar itens como certos ou erros. Nessa lógica, um erro significa a perda dos pontos de um acerto. 
 


Publicado em 28/08/2018 às 23:41:50
Compartilhe com os amigos: