PRF confirma que banca organizadora do concurso já foi definida

Nome da instituição escolhida ainda é mistério

O concurso PRF teve mais um avanço rumo a publicação do edital com 500 vagas. A Polícia Rodoviária Federal confirmou que já definiu a banca organizadora da seleção. O nome da instituição escolhida, no entanto, ainda não foi revelado. Isso porque a corporação aguarda um parecer da Advocacia Geral da União (AGU) para dar prosseguimento aos trâmites. 

A Assessoria de Imprensa da PRF esclareceu que ao portal Folha Dirigida que a AGU tem o prazo de 40 dias para analisar o processo da banca e dar um parecer favorável ou não. O tempo mínimo para órgão dar o retorno é de 20 dias. Com isso, o edital do concurso para policial rodoviário federal deve ser publicado em outubro. Mais tempo para sua preparação!



A escolha da banca organizadora era o principal impeditivo para abertura do concurso PRF 2018. Os demais procedimentos, como número de vagas e estrutura de provas, já estão em estágio avançado. Dessa forma, assim que a AGU der o parecer sobre a instituição, o contrato entre as partes deve ser assinado e o edital deve ser divulgado em seguida.  

Cespe e Iades são as bancas mais cotadas para concurso PRF 

A expectativa é que o Cebraspe (antigo Cespe/UnB) seja a organizadora escolhida para o concurso PRF. A seu favor estão fatores como: 
•    A banca esteve à frente da aplicação das provas do último concurso PRF, realizado em 2013;
•    O Cebraspe também organiza grandes seleções de âmbito nacional, como a da Polícia Federal (PF), do Ministério Público da União (MPU) e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artísitico Nacional (Iphan). 

Em contrapartida, no dia 12 de setembro começou a circular pelas redes sociais a imagem de um documento em que a PRF contrata o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) para organizar o concurso. A Assessoria de Imprensa da corporação, entretanto, foi categórica ao dizer que portaria é “fake news”. 



Mesmo assim, o nome do Iades não foi descartado pela PRF. A Polícia Rodoviária Federal optou por não revelar a banca organizadora enquanto a AGU não der seu parecer. A corporação confirmou que a modalidade para escolher a instituição responsável por aplicar as provas do concurso foi a dispensa de licitação. 

Em geral, as organizadoras de concursos públicos são escolhidas por dispensa de licitação ou pregões eletrônicos e presenciais. Nessa categoria, os órgãos convidam as instituições a apresentarem seus preços para realizar a seleção. Assim, uma ampla concorrência é aberta, em que a banca mais adequada é escolhida. 

Na dispensa de licitação, método adotado pela PRF, os trâmites da concorrência são suspensos e a instituição é contratada diretamente. Com isso, o tempo para escolha da banca organizadora é menor, tendo em vista a urgência da PRF para divulgar o edital do concurso. 

Concurso PRF terá oferta de 500 vagas para policial 

Mais um indício que comprova que imagem que circulou pelas redes sociais não é verídica é o número de vagas indicado no documento. De acordo com a suposta dispensa de licitação, o concurso PRF teria oferta de 700 vagas.  
Na autorização oficial do concurso PRF, publicada em julho, o ministro Raul Jungmann deu o aval para o preenchimento de apenas 500 vagas. A portaria ainda especifica que o prazo para divulgação do edital é de seis meses. Dessa maneira, a Polícia Rodoviária Federal terá que publicar o documento até janeiro de 2019.

O prazo, contudo, deve ser reduzido. A corporação já adianta os trabalhos internos para a nova seleção de policial rodoviário federal. O diretor geral da PRF, Renato Dias, disse por meio de sua conta no Facebook que: "Teremos concurso, sim, este ano. Estudem! Edital está sendo finalizado. O concurso sairá neste semestre. Pode continuar estudando. Boa sorte". 

Quais são os pré-requisitos para se candidatar ao concurso PRF?

A carreira de policial rodoviário federal exige idade entre 18 e 65 anos; ensino superior em qualquer área. Os interessados no concurso PRF ainda devem apresentar carteira de habilitação (CNH) na categoria B ou superior.
Qual é a remuneração atual dos policiais? Em 2018, a remuneração inicial do cargo de policial rodoviário federal é de R$9.931,57, já incluso o auxílio-alimentação de R$458. 

Em 2019, esses valores serão maiores? No próximo ano, a remuneração do PRF passará para R$10.357,88. O valor também já inclui o auxílio-alimentação de R$458.

Quais são as vantagens do PRF?

A carreira e atribuições do policial rodoviário federal se diferenciam das demais forças policiais. Além disso, qualquer pessoa que passe no concurso PRF tem a oportunidade de assumir cargos de chefia dentro da corporação. O plano de carreia inclui desde a função mais simples até a do maior escalão, a de diretor-geral da PRF. Hoje, quem ocupa esse cargo é Renato Dias, 44 anos, policial rodoviário federal desde 1994.  
 


Publicado em 19/09/2018 às 15:36:53
Compartilhe com os amigos: