Concurso PRF: confira as remunerações e progressão na carreira do policial

Os aprovados terão direito a remuneração de R$9,3 mil mensais
A remuneração é um dos principais atrativos do concurso PRF. Atualmente, os policiais rodoviários federais recebem R$9,3 mil por mês. Tais valores estão acima do mercado para quem possui nível superior em qualquer área, pré-requisito do cargo. Mas, você sabe quais são os benefícios que compõem os salários dos agentes?
De acordo com a Tabela Remuneratória dos Servidores Públicos Federais, para chegar a remuneração inicial dos policiais de R$9.931,57, são somados os seguintes itens: 
•    Vencimento básico;
•    Auxílio-alimentação de R$458;
•    Gratificação de Atividade (GAE), de que trata a Lei Delegada nº 13, de 1992;
•    Valores da Gratificação por Operações Especiais (GOE);
•    Gratificação de Atividade Policial Rodoviário Federal;
•    Gratificação de Atividade de Risco;
•    Vantagem Pecuniária Individual.

A boa notícia é que os vencimentos dos PRFs passarão para R$10.357,88 no próximo ano, em função de reajustes. Os aprovados no concurso ingressarão na terceira classe da carreira de policial rodoviário federal. 

Confiras dicas prova prática

Primeira progressão na carreira ocorre após três anos de concursado

O cargo possui quatro classes de progressão. Começa na terceira, passando pela segunda e primeira, até chegar a classe especial, cujos ganhos são de R$15 mil. O tempo mínimo para a primeira ascensão na carreira, segundo a corporação, é de três anos. Logo após o estágio probatório. 
Após esse período, o servidor poderá ter a primeira avaliação de desempenho para obter a progressão. A atuação do policial é apurada pelo chefe imediato, seguindo os seguintes critérios:
1.    Iniciativa e cooperação;
2.    Qualidade e quantidade de trabalho;
3.    Assiduidade e urbanidade;
4.    Pontualidade e disciplina. 

A avaliação será referente ao desempenho do PRF em um ano de trabalho e será feita até o dia 15 de agosto de cada ano. As progressões dentro de uma mesma classe – nomeadas como progressões horizontais – podem ocorrer anualmente ou a cada 18 meses. 

Isso dependerá da avaliação do policial. Se ele for avaliado com o conceito um, terá progressões todos os anos. Porém, se conseguir conceito dois, as progressões serão a cada 18 meses.  

As progressões verticais, em contrapartida, ocorrem anualmente. O que varia nesse caso é a data: 1º de setembro (para conceito um) ou 1º de março (conceito dois).
Na tabela abaixo, confira a divisão das classes e conceitos da carreira de policial rodoviário federal e os ganhos referentes a cada uma delas. Tanto para servidores ativos e para aposentados: 


As aposentadorias na PRF podem ocorrer de forma voluntária (com 35 anos de serviço para homens e 30 para mulher, considerando os provimentos integrais), por idade com proventos proporcionais ao tempo de serviço (65 anos para policiais do sexo masculino e 60 para o sexo feminino). 

Há ainda a aposentadoria compulsória com ganhos proporcionais ao tempo de serviço (70 anos de idade, tanto para homens como mulheres) e a possibilidade de se aposentar por invalidez. Nesse último caso, o servidor tem que apresentar um laudo expedido por junta média que conste o nome a natureza da doença e a data do início da incapacidade definitiva do servidor.

Remunerações do PRF podem chegar a R$12 mil por mês

Os valores recebidos mensalmente pelos policiais podem ser ainda maiores se eles foram lotados em regiões de fronteira. Caso isso ocorra, são atribuídos R$2 mil reais a remuneração, totalmente livre de imposto. Ainda é possível trabalhar nos dias de folga.
Nesse esquema, o agente tem R$420 a mais por seis horas trabalhadas e R$900 por doze horas. Além disso, há um percentual efetivo do limite de horas que é possível cumprir por determinada região. 

No caso de 24 horas do plantão extra, o policial recebe R$1.800, se for lotação em uma região de fronteira. Dessa forma, somados os R$7.800 líquidos de salário, com os R$2 mil para atuantes em fronteira e mais a possibilidade de R$1.800 para 24 horas de trabalho em dia de folga, o PRF poderá receber mais de R$12 mil.

Cebraspe é oficializado como banca do concurso PRF

No dia 19 de outubro, saiu a dispensa de licitação que oficializa o Cebraspe (antigo Cespe/UnB) como organizador do concurso PRF. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União. 
A escolha da instituição responsável por organizar e aplicar as provas da seleção era o principal entrave para o edital. Por isso, é possível que o documento seja divulgado nos próximos dias. A Policia Rodoviária Federal, por sua vez, ainda não se pronunciou sobre a data.

Curso online para o concurso da PRF


 


Publicado em 24/10/2018 às 22:46:39
Compartilhe com os amigos: