Agora é oficial: Cebraspe é a organizadora do concurso PRF 2018

FenaPRF revela Cebraspe como organizador do concurso PRF
Extrato de contrata sairá nos próximos dias no Diário Oficial

Acabou o mistério! O Cebraspe (antigo Cespe/UnB) será a banca organizadora do concurso PRF com 500 vagas. A informação foi transmitida pela Federação Nacional dos  PoliciaisRodoviários Federais (FenaPRF) ao portal Folha Dirigida. A expectativa é que o edital seja divulgado ainda em outubro.

Até quinta-feira, 11 de outubro, deve ser publicado no Diário Oficial da União o extrato de contratação da banca responsável por aplicar as provas da seleção. Um dos fatores que pode atrasar a divulgação do Cebraspe como organizador do concurso da Polícia Rodoviária Federal é um entrave judicial em relação ao edital.

O documento é similar ao que foi elaborado para o concurso da Polícia Federal (PF) e, dessa forma, não traz adaptação dos testes físicos para pessoas com deficiência. Para evitar polêmicas envolvendo esse assunto, a PRF aguarda um desfecho para que possa confirmar o Cebraspe como banca organizadora da seleção.

A Polícia Rodoviária Federal ainda não se posicionou oficialmente sobre o nome da banca organizadora do concurso com 500 vagas.

veja mais sobre as aulas ao vivo
 

AGU foi favorável à contratação da banca do concurso PRF

Em setembro, a PRF informou a veículos de comunicação que tinha escolhido a banca organizadora do concurso para policial rodoviário federal. A corporação, no entanto, não revelou o nome da instituição escolhida, pois aguardava parecer da Advocacia-Geral da União (AGU) para dar continuidade aos preparativos da seleção.

A AGU tinha o prazo de até 40 dias para emitir sua versão sobre a contratação da banca organizadora. Tal período foi reduzido e a Advocacia deu parecer favorável a contratação da instituição no início de outubro.

O nome da organizadora escolhida ainda não tinha sido revelado pela PRF. A corporação disse que só divulgaria a banca em publicações oficiais. A FenaPRF, no entanto, acabou a incógnita e revelou que a instituição será o Cebraspe.

De acordo com a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais não há outro nome circulando pelos bastidores, senão o da banca de Brasília.

Para vencer o Cespe é preciso estar habituado com a prova, diz professor

A escolha do Cebraspe como banca organizadora do concurso PRF era a grande aposta do professor Leandro Macedo, do ‘Concursos com Trânsito’. Para ele, a instituição é a que melhor avalia os concorrentes em concursos públicos. “É uma banca muito justa no que se refere à pontuação”, disse.

O especialista em Legislação de Trânsito acredita que para vencer o Cespe é necessário estar habituado com a cobrança específica da banca. Isso porque nas provas elaboradas pelo Cebraspe, os candidatos devem julgar sentenças como certas ou erradas. Um erro significa a perda dos pontos de um acerto.

Para Macedo, a chave para aprovação em concursos dessa organizadora é a prática de questões. “O grande detalhe é o hábito de fazer provas da banca. Você só consegue ir, realmente, bem nessa prova se fizer muitas questões. O aluno inexperiente, ainda que conheça o conteúdo, não vai bem na prova”, apontou o professor.

O professor define as questões do Cebraspe sobre Legislação de Trânsito como simples. Por isso, não ocasionam muitas dúvidas nos candidatos se um item está correto ou errado.

Segundo o especialista, as sentenças são elaboradas de acordo com o que está descrito no conteúdo programático do edital.

Ao ser questionado se o Cespe tem o hábito de cobrar mais conceitos ou questões contextualizadas, Leandro Macedo disse que a banca é muito eclética nesse sentido. Ela aborda tanto questões literais como de jurisprudência.

“Na legislação de trânsito, o Cespe trabalha caso concreto (questões de como aplicar a legislação) e também questões literais”, indicou o especialista.

Para colocar em prática os conteúdos do edital, ele recomendou que os interessados no concurso PRF criem o costume de resolver muitas questões. “Fixe os conteúdos com questões
e simulados. A prova do concurso não pode ser seu primeiro simulado”.

Saiba mais sobre o cargo de policial rodoviário federal

- Para se candidatar ao cargo de policial rodoviário federal é preciso atender aos seguintes pré-requisitos: idade entre 18 e 65 anos; ensino superior em qualquer área. Os interessados no concurso PRF ainda devem apresentar carteira de habilitação (CNH) na categoria B ou superior.

- Neste ano, a remuneração inicial do cargo de policial rodoviário federal é de R$9.931,57. Em 2019, os vencimentos passarão para R$10.357,88. Ambos os valores já incluem o auxílio-alimentação de R$458 por mês.

Quais são as vantagens do PRF?

A carreira e atribuições do policial rodoviário federal se diferenciam das demais forças policiais. Além disso, qualquer pessoa que passe no concurso PRF tem a chance de assumir cargos de chefia dentro da corporação. O plano de carreia inclui desde a função mais simples até a do maior escalão, a de diretor-geral da PRF. Atualmente, quem ocupa esse cargo é Renato Dias, 44 anos, policial rodoviário federal desde 1994.


Publicado em 09/10/2018 às 22:58:18
Compartilhe com os amigos: